Buscar
  • Fazenda Escola

MOA | Grupo C

Fala, trem! Ceis tão bem? Hoje a gente vai dar continuidade a nossa saga nos mecanismos de ação na série de como funcionam os herbicidas. Começamos pelos grupos que atuam nos processos luminosos. Primeiro vimos os inibidores de carotenoides e agora vamos ver os inibidores do fotossistema II, o grupo da famosa atrazina, bentazona, ametrina, hexazionona, metribuzina, amicabazona, diurom e tebutiurom. Os mata-mato que controlam plantas daninhas de folhas larga e folha estreita, como picão-preto, corda-de-viola, erva-de-touro, caruru, capim-colchão e capim-amargoso, nas culturas da soja, arroz, feijão, milho, trigo, algodão, cana-de-açúcar, café, citros, entre outras. Pra entender bem esse grupo de herbicidas e a inibição da fotossíntese, você vai aprender como os comprimento de ondas luminosas e o espectro visível da luz estão relacionados com a fotossíntese, especialmente com a cadeia de transporte de elétrons. E, por falar em elétrons, vai ver o que acontece quando você agita eles dentro dos cloroplastos no tilacoide. E o que é fotossistema? E esses tal de P700 e P680? Aqui a gente mata a cobra e mostra o pau.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo